terça-feira, 18 de dezembro de 2007

Depois do Poema

Depois do poema


Que depois do poema venha
Um sono de efeito.
Que tenha um sonho,
Um sonho perfeito
(Contigo, talvez).
Um sonho e só
Na noite em solidão.
!Um sonho são
Que depois do poema venha!


Juliano Berquó Camelo
Poucos segundos após a concepção
de "Pra ser verdade"
Alguma madrugada do verão de 2006/7.



Boa noite,
Que depois do poema venha mesmo
um sonho são e perfeito,
um sono de efeito...

2 comentários:

eric berquo disse...

cara tenhu que me inpirar em tu irmao pq vc é um jenio iuashduis vc tem uma frases boissimas curti seu flog massa tenhu que fazer uma coisas dessas asiudhuisdass te curto muito primo é nois sempre abraço !

Ricardo disse...

ou..
mto doido esses poema seu..
(dessa vez eu li todo o blog...)..
massa msm véio..
continua postano aí..
abração pro c véio..


\o/