domingo, 19 de dezembro de 2010

Pra Longe do Sertão

Olá!

Pra fechar o ano, canto uma viagem (ou uma fuga, depende do ponto de vista) e aqui a divido com os presentes. Chama-se "Pra Longe do Sertão", algo que eu escrevera despretensiosamente nos fins de 2005, tendo musicado por volta de 2007 e gravado em setembro de 2010. A ideia era que fosse uma coisa que lembrasse um baião... Queria lembrar o valor da nossa cultura nacional, além de que sempre me fascinou a estrutura melódica e rítmica da música nordestina.

Fica então aqui registrada.

Pra Longe do Sertão by JulianoBerquo

Pra Longe do Sertão

Eu sou pobre
Eu sou rico
de espírito.

Eu sou bandido
Eu fui banido
do paraíso.

Eu quero ir embora
Pra bem longe do sertão
Eu quero fazer isso
Pra curar meu coração.

Na mala eu levo uma certeza:
Por aqui não se vê mais estrela.


Juliano Berquó.

3 comentários:

Anônimo disse...

almeje sempre as estrelas, jus..e lute por elas.
amo vc
Maíra

Hortência disse...

Ahhhhh, gostei! Muito legal esse seu baião'n roll!! =]

Só no violão ficaria, mas nordestina (e pra mim, mais legal) ainda. Mas daí não seria baião'n roll neh?rsrs

Abraços.

Anderson de Oliveira disse...

Verdades inteiras em curtos, ricos e modernos versos, seu talento e amor à poesia transbordam como sempre meu velho amigo Berquó!!

Abração!!